Brasil Cidades Mundo Mundo pop

Instagram é multado em 405 milhões de euros pela União Europeia sobre privacidade de crianças

O Instagram recebeu uma multa de €405 milhões (pouco mais de R$ 2 bilhões) depois que os reguladores de privacidade da União Europeia tomaram uma decisão sobre as reclamações ligadas à plataforma e sua maneira de lidar com os dados online de crianças.

A penalidade é resultado da violação do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR), onde a decisão final sobre o inquérito do Instagram foi enviada para a Meta antes mesmo da publicação formal nos sites do supervisor principal de dados da empresa.

A Comissão de Proteção de Dados da Irlanda (DPC) e o Conselho Europeu de Proteção de Dados (EDPB) ajudaram no processo, porém, o tamanho da penalidade para a Meta aparentemente foi vazado antes. Isso aconteceu através de um relatório do site Politico, que divulgou o valor da multa, mas sem detalhes da decisão.

A DPC da Irlanda confirmou o tamanho da multa e o comissário adjunto, Graham Doyle, disse: “Adotamos nossa decisão final na sexta-feira passada e é uma multa de 405 milhões de euros. Todos os detalhes da decisão serão publicados na próxima semana”.

As reclamações contra o Instagram se concentraram na maneira como a plataforma realiza o processamento de dados de crianças para contas comerciais e em um sistema de registro de usuários que operava, o mesmo que a DPC encontrou e que poderia fazer as contas de crianças usuários serem definidas automaticamente como “públicas”, e para deixar privada o usuário tinha que alterar nas configurações.

O raciocínio levantando pelos órgãos responsáveis pela multa do Instagram, deve ser liberado nos próximos dias quando a decisão final for publicada na próxima semana.

Com foco em vídeos, usuários do Instagram com deficiência ficam para trás; entenda

Em junho deste ano, o chefe do Instagram, Adam Mosseri, anunciou que a rede social não seria mais um aplicativo apenas de compartilhamento de fotos e deixou claro que a plataforma iria se concentrar cada vez mais nos conteúdos em vídeo. Ainda se referiu ao TikTok e ou Youtube como concorrentes diretos.

Vários discussões sobre esta mudança foram abertas entre os usuários, desde mega-influenciadores, como Kylie Jenner e Kim Kardashian, até fotógrafos profissionais que dependem do Instagram para divulgar seu trabalho online no formato de fotos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *